16 fev

5 Passos para a Implantação do eSocial
escrito por Ester Lima

A partir de setembro de 2016 o eSocial passará a ser exigido para as empresas que obtiveram faturamento acima de R$ 78 milhões em 2014, e, em janeiro de 2017 para as demais empresas. Para aquelas empresas que ainda não estão pensando no assunto, sugerimos 5 passos que devem ser seguidos para que a implantação seja feita com sucesso, e o empreendedor não tenha problemas com a folha de pagamento.

1. Qualificação Cadastral

É importante que seja feita a qualificação cadastral dos empregados no endereço eletrônico www.consultacadastral.inss.gov.br/Esocial/pages/index.xhtml, informando o Nome, CPF, NIS (PIS, PASEP, NIT ou SUS) e a data de nascimento. Se houver alguma inconsistência nas informações o empregado ou prestador de serviço não poderá ser cadastrado no eSocial até que resolva a pendência. Se for problema com CPF o empregado deverá procurar a Receita Federal, se for com o PIS a Caixa Econômica Federal, se for PASEP o Banco do Brasil, ser for NIT o INSS e se for o SUS a unidade de saúde que foi cadastrado.

2. Coleta de Informações

O empregador deve observar as informações que serão encaminhadas ao eSocial. As fichas atuais de registro de empregados, não contém todas as informações que serão exigidas. É importante, fazer uma atualização dos dados cadastrais do empregado. Para isso, a dica é elaborar uma ficha com as informações que consta nos leiautes dos arquivos S2100 e S2200, para que o trabalhador possa informar os dados atualizados.

3. Mapeamento das Informações no Leiaute

A empresa deve mapear todas as informações que estará obrigada enviar por meio dos arquivos do eSocial. Estas informações estão disponíveis no manual do eSocial versão 2.1 disponível no site www.esocial.gov.br.

4. Definir a Infraestrutura

As grandes empresas deverão definir a plataforma de infraestrutura para construção do sistema eletrônico que será utilizado para envio dos arquivos do eSocial. Já para as microempresas e empresas de pequeno porte, será disponibilizado o sistema eletrônico online gratuito fornecido pela Administração Pública Federal, como foi disponibilizado para o empregador doméstico.

5. Treinamento

A empresa deverá promover o treinamento da equipe envolvida na implantação. Para o microempreendedor individual, microempresas e as empresa de pequeno porte, se não for possível treinar todos os envolvidos, pelo menos um deve receber este treinamento e multiplicar para os demais.

A RH Cursos e Treinamento Empresarial, te convida a conhecer mais profundamente a informações que constam no eSocial e as orientações de tudo o que o empregador precisa para a implantação, o curso acontecerá no dia 11 de abril de 2016, com carga horária de 08 horas ministrado pela palestrante Ester Lima com um investimento de R$ 690,00.

Mais informações do curso no nosso site:
http://www.rhcursos.com.br/curso/esocial-versao-2-1-nova-obrigacao-como-se-preparar-para-a-implantacao/